Beleza e bem-estar ganham espaço na Clínica de Estética da Universidade de Taubaté

Aluno, Comunidade, Destaque, Saúde

*Foto: Nádia Lemos – ACOM/UNITAU

Os tratamentos estéticos são diversos, mas o resultado vai além do que os olhos podem ver

A Clínica de Estética da Universidade de Taubaté é um sonho concretizado aos olhos da professora e tecnóloga Ana Paula Mira Ribeiro.  Há dez anos no mercado da beleza e há um ano formada em Tecnologia em Estética e Cosmética na Universidade de Taubaté (UNITAU), a docente prestou concurso e, atualmente, é coordenadora e supervisora de estágio na Clínica.

O desejo pelo projeto começou a surgir quando ela ainda era aluna e sentia falta desse espaço para colocar em prática os conhecimentos adquiridos em sala de aula. “Colocar essa estrutura para as alunas, foi um sonho realizado, um sonho que eu tinha para minha turma, e que passou a ser um sonho que eu venho concretizando”, afirmou a professora.

A Clínica foi inaugurada no dia 3 de agosto de 2015 e atende, por semestre, uma média de 1.300 pacientes. “O objetivo principal é dar para as alunas a possibilidade de cumprir o estágio curricular na própria Universidade, e uma consequência disso é o atendimento à comunidade, criando essa interação”, explicou a docente.

Os tratamentos são totalmente gratuitos. Atualmente, 34 alunas estão estagiando e, ao fim do estágio, elas totalizam 39 atendimentos cada uma. Os procedimentos disponíveis são terapia facial, terapia corporal e terapia relaxante ou spa dos pés. Assim as estagiárias ganham experiência em diferentes áreas de atuação. “Elas têm as aulas práticas no laboratório de estética, mas aqui é o contato com o cliente, como se ela estivesse atendendo em sua própria sala”, esclareceu. “É muito diferente. Aqui, elas unem as técnicas e fazem as etapas de cada tratamento”, ressaltou a docente sobre a importância desse contato com as pacientes, sobre o preparo e sobre a confiança adquirida durante esse processo que são essenciais.

A paciente Maria Denise Silva frequenta o espaço desde o início. Descobriu a clínica por meio de uma matéria na TV Vanguarda. Já foi beneficiada com massagem corporal, spa dos pés e, agora, está em tratamento facial. “É muito difícil dizer o que mais agrada, ainda mais para a mulher. Muda tudo, porque mexe com o ego da gente”, confirmou. Maria Denise Silva comentou que a autoestima pode passar por mudanças significativas, as vantagens vão além de fatores físicos. “O resultado é maravilhoso. Quando a gente vem para a Clínica, não imagina o que acontece aqui dentro. Saímos realizadas com o tratamento. Ele traz benefício para o corpo todo da gente”, revelou.

A paciente Maria Denise Silva conta sua experiência na Clínica - Créditos: Nádia Lemos
A paciente Maria Denise Silva conta sua experiência na Clínica – Créditos: Renata Moraes –  ACOM/UNITAU

Os cuidados não se limitam somente à parte estética. “Eles fazem tudo para agradar a gente. É com o maior amor, carinho, atenção. Eu só tenho a agradecer a Universidade e à Clínica”, finalizou Denise.

Arima Clara de Araujo trabalhava em administração, mas acabou saindo da área e, agora, faz estágio na Clínica à tarde, e faculdade, à noite. “Eu tinha vontade de trabalhar na área da saúde, sempre me identifiquei com o jaleco branco. Fiz o curso de administração por causa da família. Então, entrar aqui na clínica de estética é muito gratificante”, revelou.

Sobre as diferenças entre o ambiente de sala de aula e o ambiente da Clínica, a estudante comentou. “Aqui, você está com os clientes, é um trabalho que você vai fazer futuramente. Ter as professoras auxiliando, ter os equipamentos novos com os quais estamos aprendendo a mexer, é bem legal”.

O bem-estar gerado revela a dedicação e o carinho entre as pacientes, as alunas e as professoras. “Mais do que tratar da beleza, é um lugar para tratar da alma e do espírito da pessoa, além de estar bonita e renovada, ela sai mais calma e feliz porque conversou, deu risada, teve aquele momento de descontração. Isso é tão gostoso para elas quanto para a gente”, disse Arima.

Professora e estagiárias: Camila Muniz, Ana Paula Miro Ribeiro e Arima Clara de Araujo - Créditos: Nádia Lemos
Professora Ana Paula ao centro com as estagiárias: Camila Muniz e Arima Clara de Araujo – Créditos: Renata Moraes – ACOM/UNITAU

Outra estagiária realizada e comprometida com a Clínica é a aluna Camila Muniz, que não tinha dúvidas de onde queria estagiar. “Quando foi feita a Clínica, eu falei: é o que eu quero, tenho certeza absoluta”, falou. A aluna contou sobre a aproximação com as clientes, que acaba se tornando uma amizade durante o atendimento. “Um toque, um sorriso, você muda totalmente a vida da pessoa naquele dia. Melhora muito a autoestima, quando a cliente chega e diz que as pessoas notaram diferença na pele e no corpo dela, é muito bom, porque isso é a Clínica, é a nossa vida”, confirmou a aluna.

Quanto ao nervosismo dos primeiros atendimentos, Camila deixou uma dica. “Para os novos que estão entrando na área de estética, eu sei que talvez seja um pouco complicado no começo, mas persistam, tenho certeza que é isso que vocês vão querer”, expressou a estudante.

“Eu quero que a Clínica se desenvolva muito e que continue em mãos de tecnólogas, porque isso é muito importante, as que realmente vivenciam estética, as que realmente têm a estética no coração”, finalizou a Profª Ana Paula Mira Ribeiro, ex-aluna, idealizadora, sonhadora e professora.

Ingra Lombarde
ACOM/UNITAU