Ex-aluna tem empreendimento de acessório feminino

Aluno, Conhecimento, Destaque

*Foto: Renata Moraes/UNITAU

Lançar-se num negócio próprio tem sido, para diversas pessoas, uma saída para a crise econômica. Tais Lorencini, formada em Administração pela Universidade de Taubaté (UNITAU) há um ano, resolveu arriscar no ramo de artigos femininos, mais especificamente na venda de sapatilhas, para lançar-se no mercado.

A administradora conhecia alguns fornecedores e decidiu entrar em contato com eles, assim, ela deu início a entrega dos sapatos na casa das clientes. “Eu não fazia planos de ter um empreendimento próprio, a ideia surgiu da necessidade”, contou. O começo não foi fácil, principalmente quanto a parte financeira e o investimento inicial, mas Tais garante que tudo foi estudado antes de ser colocado em prática.

Apesar de não ter pretensão de ir para essa área, as aulas de na faculdade lhe chamaram a atenção, e ela contou com a orientação e conselho de professores. “Aprendi a fazer a contabilidade, a parte mais burocrática. Tendo esse convívio em sala de aula, ajudou bastante porque acabei descobrindo o que fazer ou não.”

Entre as vantagens de ter seu próprio negócio, Tais considera como positivo poder fazer os próprios horários e conciliar a vida pessoal com os compromissos da empresa. A afinidade por moda também colaborou para a escolha. “Foi o que eu mais gostei, de envolver o meu gosto com o das clientes.”

A empreendedora planeja abrir uma loja somente para as sapatilhas, garante que não pretende sair mais dessa área. “É muito bom fazer algo porque você gosta. Você se sente gratificado no final com tudo isso”, finalizou.

Ingra Lombarde
ACOM/UNITAU