Leonardo Oliveira

Aluno empreende e concilia carreiras em contabilidade e gastronomia

Aluno, Destaque, Empreendedorismo

Matheus Bortoni tem 26 anos, é formado em Gastronomia e atualmente está no 5° semestre de Ciências Contábeis da Universidade de Taubaté. Trabalha no escritório do pai, que tem seu próprio negócio e incentiva o filho a fazer o mesmo.

Ele relata que sua experiência de vida mais marcante foi a de morar dois anos e meio em Vancouver, no Canadá, onde trabalhou e fez um curso de Gastronomia a partir de um intercâmbio de seis meses. Como teve um bom relacionamento onde trabalhou, conseguiu estender o visto no país.

Além do Canadá, Matheus visitou outros países, entre eles Coreia do Sul, Paraguai e Espanha. Continuar a conhecer diferentes culturas é um projeto do estudante para o futuro.

Após o término de seu vínculo no exterior, ele decidiu ingressar no curso da Universidade, para conciliar seu talento com as práticas administrativas e com o empreendedorismo. “Na faculdade, tenho o embasamento contábil, que abriu as portas para eu poder investir na área de empreendedorismo. Isso tudo ajuda a dar uma base para iniciar o meu próprio negócio”, afirmou.

Seu sonho é trabalhar na área gastronômica integralmente e, assim, conseguir viajar ao redor do mundo, conhecendo as mais diversas cidades. Hoje, atua em dois projetos, conciliando a empresa familiar da área de perícia contábil com as atividades em Gastronomia, atendendo encomendas.

Para ele, os maiores desafios são a motivação e a disciplina. “É preciso ter autoconfiança, mas também ter os pés no chão. Tem-se de ser audacioso e ao mesmo tempo cuidadoso, afinal quando você depende apenas de si mesmo é preciso ser muito mais pró-ativo, só assim consegue desenvolver seu projeto”, disse.

Matheus Bertoni acredita que, para se iniciar um empreendimento, a força de vontade é essencial para ter sucesso. “Quando se tem o sonho, primeiramente é preciso lutar com todas as forças para realizar, sendo ético e profissional, vendo os meios de desenvolver o que gosta e ama. Se fizer isso, pode-se ter certeza que terá êxito”, comentou.

Lucas Azevedo
ACOM/UNITAU

* Foto: Leonardo Oliveira/UNITAU