Projeto auxilia alunos e tira dúvidas da área de Exatas

Aluno, Ciências Contábeis, Conhecimento, Destaque, Oportunidade

Uma proposta desenvolvida pela Central do Aluno dá suporte para estudantes que tenham dúvidas em temas relacionados à Matemática, Física e Cálculo I e II. O projeto de nivelamento foi implantado, a princípio, para os estudantes dos cursos de Exatas, mas foi ampliado e alunos de outros cursos também passaram a usufruir dessa orientação.

“Fui professor do Ensino Fundamental e eu notei a dificuldade dos alunos nesses assuntos”, contou o Prof. Me. Armando Monteiro de Castro, que coordena a iniciativa.

Ele relata que muitos estudantes entram para a Universidade com dificuldades em conceitos básicos da parte de Exatas e, eventualmente, essas dúvidas geram complicações no decorrer do curso, prejudicando o desempenho do aluno em diversas disciplinas.

No projeto, os professores identificam alunos com mais facilidade nos temas abordados e os convidam para participarem do programa, em que se tornam monitores e recebem uma bolsa estágio. A união entre docentes e universitários é de grande importância para que o projeto seja viável.

Os atendimentos presenciais acontecem no campus da Juta, de segunda a sábado, em horários pré-definidos. O atendimento remoto é feito por meio de grupos no facebook. “Os alunos tiram fotos de um problema em que estão com dúvida e enviam. O monitor que estiver online resolve a questão, tira uma foto e envia como resposta”, explicou. Levar o conteúdo para a internet foi uma solução para a correria do cotidiano.

Segundo o docente, existem diversas apostilas digitalizadas em PDF e disponíveis para os alunos usarem como auxílio nos estudos. O docente planeja, junto com a Pró-reitoria Estudantil, começar a produzir vídeoaulas. “No segundo semestre espero poder disponibilizar esse material no youtube”, afirmou. Esse é um projeto antigo do docente, que sempre gostou de tecnologia e via nesse meio uma forma de transmitir conhecimento e ensinar.

“É importante amparar as dificuldades desses alunos, mostrar o caminho e educar”, contou. Outro aspecto que o docente ressalta é o trabalho em grupo necessário para que o projeto funcione. “Fico satisfeito em ver todos participando e entendendo, é um processo demorado, mas que deve ser incentivado”, concluiu.

Horários e dias das monitorias presenciais:

Cálculo I: segunda-feira das 17h às 19h;

Resistência dos Materiais: segunda, terça e quarta-feira das 16h às 19h e aos sábados das 8h30 às 11h30;

Mecânica Geral: segunda e quarta-feira das 14h às 16h, sexta-feira das 16h às 19h e aos sábados das 8h30 às 11h30;

Física Teórica Cálculo: segunda à sexta-feira, das 16h às 19h e aos sábados das 9h30 às 12h30;

Fenômenos de Transporte: segunda à sexta-feira, das 16h às 19h e aos sábados das 8h às 11h;

Ingra Lombarde
ACOM/UNITAU