Pibid aplica projetos e melhora a qualidade de ensino de escola estadual

Acontece

site

O Programa de Bolsas de Iniciação à Docência da Universidade de Taubaté (Pibid/UNITAU) aplicou três projetos científicos na Escola Estadual Cesidio Ambrogi, na cidade de Taubaté, o que melhorou na qualidade de ensino dos alunos do ensino Fundamental e Médio.

A Profa. Esp. Gislene Aparecida Fernandes de Castro é docente do Programa e coordenou três projetos do Pibid na escola: Aulas de Apoio: Plantão de Dúvidas – Matemática, Química e Física, a melhora do conhecimento; Gincana ENEM–Saresp: melhorando o desempenho nas avaliações futuras; Feira de Exatas, produzidos pelos próprios alunos da escola e coordenados pelo Pibid. “Nós realizamos uma pesquisa com os alunos, com os professores e com a direção da escola para identificarmos as necessidades que eles tinham e o que poderíamos fazer para melhorar, e somente depois que aplicamos esses projetos”, informou Gislene.

Junto com a docente, os alunos estagiários do Pibid – Amanda De Castro Gama, Gleicy Almeida, Juliana Ferreira Dos Santos, Matheus Alex Veloso Martineli, Ronaldo Lucius Medeiros Silva, Fábio Henrique Dos Santos, Rodrigo Dias de Souza e Sabrina Alves de Oliveira – também contribuíram para a melhora do conhecimento dos alunos da escola, ensinando as disciplinas de maneira didática e divertida. “Eu já trabalhei bastante só com as aulas de apoio, e é uma atividade mais rotineira, mas na gincana nós procuramos cobrar mais a parte de jogos, e você consegue ver que uma grande quantidade de alunos se empolgarem mais com as disciplinas porque conseguimos promover uma interação e passar conhecimento para ele”, disse Fábio Henrique, estagiário do Pibid e aluno de Licenciatura em Química.

Os projetos da Gincana e da Feira de Exatas tiveram a participação de mais de 220 alunos da escola, sem contar as aulas de apoio que eram fornecidas para a escola inteira, que conta com mais de 700 estudantes. Com a aplicação dos trabalhos, a escola teve uma melhora na qualidade de ensino, o que significou em um melhor desempenho e melhores notas dos alunos. Lilian Cristina Manuelino é Vice-diretora da escola Cesidio Ambrogi e se mostrou satisfeita com o trabalho da professora e dos alunos estagiários do Programa. “Nos últimos dois anos, o Pibid ajudou muito nossa escola com as disciplinas de Química, Matemática e Física. Eles tem feito um ótimo trabalho e queremos colocar mais um professor de Português apara ajudar os alunos com relação à redação”, afirmou Lilian.

A aluna do segundo ano do Ensino Médio da escola Cesidio Ambrogi, Thuylla Fernada dos Santos Silva, disse gostar do Pibid, porque, desde quando entrou no Programa, suas notas melhoraram.  “Antes eu tinha um pouco de dificuldade com a matéria, mas hoje já melhorei muito por causa do Pibid, e é super legal as aulas que eles fazem e o jeito que eles explicam”, disse a aluna.

O Pibid encerrou suas atividades esse ano e as expectativas são para que em 2017 o Programa continue em todas as áreas de Licenciatura.

*Foto: Caio Tebassi/UNITAU

Caio Tebassi
ACOM/UNITAU