Ex-aluna lança livro sobre mídia e inclusão

Destaque

 

A graduada em Publicidade e Propaganda pela Universidade de Taubaté (UNITAU) Vívian Corneti lança, na terça-feira, 20, o livro Ciborgues Midiatizados, em Pindamonganhaba. A publicação foi desenvolvida como dissertação de mestrado pela Universidade do Vale dos Sinos (Unisinos) e trata da relação e da utilização dos meios de comunicação por pessoas com deficiência física. Entre os objetivos, o livro pretende disseminar uma cultura de pesquisa que incorpore a preocupação humana, social e cidadã, segundo a autora.

“As pessoas com deficiência enfrentam uma constante batalha em busca de inclusão. Obviamente, a sociedade tem se tornado mais aberta no relacionamento com a diferença, mas ainda há muito que se fazer. Pensar os deficientes físicos enquanto ciborgues pode desencadear o incentivo à utilização das tecnologias comunicacionais para além da pura transmissão de mensagens, bem como uma nova maneira de nos relacionarmos com esse grupo, partindo do pressuposto de que “somos todos ciborgues”, explica Vívian.

Sobre o nome da obra, a autora explica que o termo “ciborgues” vem da necessidade de utilização da mídia por pessoas com deficiência para a construção de suas identidades culturais e cidadania.  “Todas as relações sociais sofrem a interferência de elementos não humanos. Para uma vida boa e digna, precisamos, dentre os mais diversos aparatos, de alimentos, medicamentos, roupas, óculos, implantes ou próteses que nos tornam similares aos ciborgues, que são uma mistura entre homem e máquina”, acrescenta.

Entre os principais pontos levantados no estudo, estão as oportunidades de interação, afetividade e independência que os meios permitem aos deficientes. “A internet e as novas tecnologias de comunicação digitais têm grande influência na socialização e no desenvolvimento de laços afetivos por pessoas com deficiência. Elas permitem possibilidades únicas de interação, além de resgatar em parte a autonomia e a privacidade muitas vezes perdida por pessoas que precisam sempre da ajuda de outros para as atividades mais corriqueiras do cotidiano”, explica a autora.

O livro está disponível para compra na internet, no site da Editora Appris, da Livraria Cultura, da Amazon e da Livraria Travessa, e também nas lojas físicas das livrarias Cultura e Saraiva.

Stéfanie Bernardes

ACOM/UNITAU

*Fotografia: Arquivo Pessoal