Estudantes de Direito farão estágio em Centro de Detenção Provisória

Aluno, Conhecimento, Destaque, Projetos

Os alunos do curso de Direito da Universidade de Taubaté (UNITAU) terão uma nova oportunidade de estágio a partir deste ano. Os estudantes poderão atuar na área criminal fazendo visitas nos Centros de Detenção Provisória (CDP) da região. A UNITAU é a única instituição do Vale do Paraíba a oferecer este tipo de projeto para o curso de Direito.

O coordenador do projeto é o prof. Me. Ernani Assagra Marques Luiz que leciona a disciplina de processo penal.  “Este é um projeto piloto que pretende contribuir com a formação e estimular o raciocínio jurídico dos alunos”, afirma o docente.

Ao todo, um grupo de 12 alunos que cursam entre o 7º e o 10ª semestre irá participar da atividade. Eles foram selecionados por meio de um processo seletivo realizado internamente pelo curso. “O estágio vai funcionar com um revezamento. Os aprovados formarão dois grupos de seis alunos. Enquanto três estarão em visita nos presídios, os outros três ficarão estudando e pesquisando sobre os casos dentro da UNITAU. Nosso principal objetivo é dar orientação jurídica aos presos”, completa o docente.

Paulo Roberto Lima dos Santos, do 7º semestre de Direito, é um dos selecionados. “Pretendo adquirir experiência. Ainda não decidi em que área do Direito quero atuar, então, ter contato com essa área e com essa realidade vai ser muito bom”, afirma o aluno. As atividades terão início no mês de março.

O Departamento de Ciências Jurídicas da UNITAU oferece outra modalidade de estágio por meio do Escritório de Assistência Jurídica, que atende gratuitamente a população. Os atendimentos acontecem de segunda à sexta-feira, das 8h30 às 11h30, das 14h às 16h30 e das 19h às 21h, e os interessados devem comparecer pessoalmente para agendar o atendimento.

O Escritório de Assistência Jurídica fica no Departamento de Ciências Jurídicas, na Praça Dr. Barbosa de Oliveira, 285, Centro, em Taubaté.

ACOM/UNITAU
Foto: Mayra Salles/ACOM