DSC_0142

Programa de Atividade Física e Saúde promove interação entre alunos e idosos por meio da dança

Aluno, Destaque, Educação Física, Extensão, Institucional, PAFS, Projetos, Saúde

O Programa de Atividade Física e Saúde (PAFS), da Universidade de Taubaté (UNITAU), voltou às atividades para iniciar o 1º semestre de 2017.  Honrando seus 10 anos de existência como programa de extensão, ele já atendeu cerca de 100 idosos e 60 crianças, em atividades distribuídas da seguinte forma: alongamento, zumba e musculação para pessoas acima de 50 anos; natação para aqueles que têm entre 7 e 15 anos e ginástica artística para jovens de 6 a 16 anos.

Para o Prof. Dr. Renato Rocha, coordenador do PAFS, este trabalho é muito importante para a formação profissional dos graduandos. “Nós podemos dar aos nossos alunos capacitação em diferentes áreas da Educação Física. Nós percebemos que aqueles que estão quase se formando vêm fazer estágio conosco porque é um momento de vivenciar tudo aquilo que eles viram em sala de aula”, revela.

DSC_0209Das atividades, as aulas de zumba, que acontecem às terças e quintas, das 9h30 às 10h15, costumam ser bem animadas. Com senhoras acima de 50 anos, músicas agitadas e muito pique para se exercitar, a sala espelhada do Campus Bom Conselho se torna o próprio cenário do ditado: “unir o útil ao agradável”.

Lá a diversão rola, ou melhor, dança solta. Para a Profa. Fernanda Rabelo Prazeres, esse é um dos maiores bens que a zumba traz para as participantes. “Se for para o lado mais técnico, ela tem uma importância enorme para a coordenação motora e para parte cardiorrespiratória. Mas o que mais sinto nas aulas é a questão do sentir-se bem: gostar de uma música, saber que o que você pode fazer é o seu melhor”, explica a professora, que fez um curso de zumba específico para idosos e para pessoas com necessidades especiais, o Zumba Gold.

O que a Profa. Fernanda diz é comprovado com a alegria estampada no rosto da aposentada Maria José Souza Ramos, de 74 anos. “Eu me sinto maravilhosamente bem. Isso aqui é tudo de bom pra nós”, declara ela. “Eu já deveria ter começado há muito tempo, comecei só há dois anos. Acho que muita gente deveria vir”, completa a amiga de Maria, Leila Faria Notari, de 72 anos.

DSC_0197

E esse sentimento é geral. A aluna do 5º semestre de Educação Física, Daniela Oliveira Freire, descobriu a área em que quer trabalhar, graças ao PAFS. “Posso dizer que me identifiquei, porque eles são muito atenciosos, muito carinhosos. É uma experiência de vida e eu gosto muito de trabalhar aqui”, revela ela.

Desta forma, o projeto só vai crescendo. Hoje, o PAFS já tem cinco turmas de idosos e três de crianças, e elas já estão praticamente lotadas. As inscrições acontecem todo início de ano, na sala do PAFS, no Campus Bom Conselho, das 14h às 16h. Contudo, quem tiver interesse e estiver dentro dos requisitos de faixa etária, ainda pode fazer parte. A turma de zumba ainda tem vagas para a lista de espera.

Débora Santos

ACOM/UNITAU

Foto: Leonardo Oliveira/ACOM