Untitled-1

Centro de Estudos Apícolas realiza curso de remoção de abelhas

Destaque

Nos dias 7 e 8 de agosto, aconteceu, no Centro de Estudos Apícolas (CEA) da Universidade de Taubaté (UNITAU), o curso de remoção de abelhas e segurança em áreas urbanas. Destinado aos funcionários da defesa civil de Caçapava, o evento teve como objetivo promover a capacitação desses profissionais para realizar a remoção adequada desses insetos.

O biólogo especialista Edson Timóteo Soares explica o funcionamento do curso. “Primeiramente, existe uma aula teórica que aborda, de maneira geral, a biologia das abelhas, incluindo o habitat, a origem e a relação das castas. Além disso, são abordados outros assuntos, como a prevenção de acidentes, as normativas do Ibama e as leis ambientais para remoção e extermínio desses animais sinantrópicos”.

O curso conta com duas aulas práticas: a primeira, realizada no apiário do CEA, e a outra, no município de origem dos alunos. “As aulas práticas simulam o ataque desses insetos e como reagir de maneira segura nessa situação. É possível diferenciar o comportamento de vôo das abelhas em momentos de ataque, comparado aos parâmetros de vôo normais”, ressalta o especialista.

A abelha é considerada um animal peçonhento, por possuir um ferrão na região posterior do corpo e, desse modo, apresenta-se como elemento surpresa nos ambientes urbanos. “As abelhas têm uma fácil adaptação, podendo criar suas colméias em diversos ambientes. Além disso, há um rápido crescimento populacional desses insetos. Uma rainha pode colocar milhares de ovos por dia”, acrescenta o biólogo.

Fábio Vienu

ACOM/ UNITAU

Foto: Leonardo Oliveira/ACOM