Projeto de Odontologia realiza atendimento em bairro de Taubaté

Acontece, Aluno, Comunidade, Destaque, Eventos, Extensão, Odontologia

No sábado, 21, o projeto Educação em Saúde Bucal do Departamento de Odontologia da Universidade de Taubaté (UNITAU) realizou atendimento para a comunidade na Escola Estadual Amacio Mazzaropi. Ao todo, crianças e adultos foram atendidas por professores e alunos do curso no OdontoMóvel, uma clínica móvel. O projeto visa prevenir a cárie e a doença periodontal.

“Para as crianças, além do atendimento e da orientação, nós trabalhamos com o livrinho de pinturas, um trabalho lúdico que mostra a importância de se escovar os dentes adequadamente. Nos adultos, nós avaliamos também as estruturas moles da boca, para verificar se possui alguma estrutura que possa indicar uma lesão pré-cancerígena”, explica o Prof. Dr. Edison Tibagy Dias de Carvalho Almeida, docente da Universidade.

A Clínica Odontológica da UNITAU atende várias especialidades e após a avaliação, os pacientes podem ser encaminhados para começar o tratamento na Universidade. “O atendimento aqui foi ótimo, eles me informaram para ir à clínica e saber um pouco mais do tratamento”, afirma Sueli Oliveira, 54, moradora do bairro Vila São José.

A atividade contou também com a participação dos alunos voluntários do projeto Odonto Comunidade. A ideia é ensinar técnicas de escovação e higiene bucal para a comunidade. A ação visa a divulgação do Congresso Odontológico (COUT) 2018 da Universidade de Taubaté.

“Nossa proposta para a 38ª edição do COUT é fazer várias ações pré-congresso, não somente para atender a população, como também para a divulgação. O COUT cresce a cada ano, e esperamos que para 2018 ele cresça muito mais”, afirma Higor Henrique da Silva Oliveira, aluno do 6° semestre e presidente do 38º COUT.

meio
Os alunos de todos os semestres podem participar de ambos os projetos, o Educação em Saúde Bucal e o Odonto Comunidade, e a experiência pode ser muito válida, garante João Marcos de Morais, aluno do 6º semestre e vice presidente do 38°COUT. “A experiência é excelente. Apesar de termos já o contato com a comunidade por meio da clínica da Universidade, poder sair de lá e estar onde a população está é ótimo. Pois vemos a realidade da maneira que ela é mesmo. Muitas vezes recebemos um sorriso e já ganhamos o dia”, relata.

 

Fábio Vienu

ACOM/UNITAU

Foto: Fábio Vienu