Projeto de aluna da Psicologia aborda violência contra a mulher

Acontece, Aluno, Conhecimento, Psicologia

A violência contra a mulher foi tema de pesquisa da aluna Maria Clara Souza Borges, do 7º semestre do curso de Psicologia da Universidade de Taubaté (UNITAU). Sua proposta de pesquisa é trabalhar com o público masculino para que entenda a gravidade do problema.

O projeto da aluna foi inscrito no Prêmio de Inovação da UNITAU e classificado entre os dez melhores. Maria Clara conta que a ideia surgiu a partir de um tema abordado na 47º reunião anual da Sociedade Brasileira de Psicologia. “Conheci uma profissional da área que ministrou uma palestra sobre essa questão. Aqui em Taubaté, eu desconheço um trabalho assim, então achei interessante”, ressalta Maria Clara.

O objetivo é introduzir, para o público masculino, a seriedade da violência,  não focando apenas no sofrimento da mulher. A proposta é trabalhar com qualquer homem que queira entender o problema. “Eu acredito que uma forma de prevenção contra esse tipo de violência é trabalhar diretamente com o público masculino em geral, não apenas com o agressor, para que entendam a gravidade causada”, afirma a estudante.

A aluna diz que ficou surpresa ao receber a notícia da classificação de seu trabalho no Prêmio de Inovação. “Eu não esperava, mas na apresentação consegui passar a minha ideia. Eu me inscrevi no final do prazo, então ficar entre os dez foi motivo de muito orgulho”, comenta.

Sobre o Prêmio de Inovação, Maria Clara acredita que seja um ganho para a sociedade. “O Prêmio não traz benefícios apenas para a Universidade e para os alunos, mas a população como um todo ganha com os projetos inovadores”, finaliza.

 

João Santana

ACOM/UNITAU

*Foto: João Santana/ACOM