Aluna de História organiza exposição sobre a história do Solar da Viscondessa

Aluno, Cultura, História

A aluna Isabela Gatti, do 5° semestre de História da Universidade de Taubaté (UNITAU), organizou exposição sobre a história de um dos mais antigos e importantes prédios da cidade, o Solar da Viscondessa.

O objetivo da pesquisa é divulgar a história da cidade de Taubaté para quem visita o antigo lar do Visconde e da Viscondessa de Tremembé. “Muita gente tem dúvida, só que a documentação é escassa. Então, eu procurei preencher, da melhor forma possível, lacunas na história para montar um enredo legal que crianças e adultos conseguissem ler e achar interessante”, conta Isabela.

De acordo com site do CDPH, o Solar da Viscondessa foi construído em meados do Século XIX. Seus primeiros habitantes foram o Barão e Visconde do Tremembé, José Francisco Monteiro (avô do escritor Monteiro Lobato), e sua mulher, a Viscondessa Maria Belmira França Monteiro. O Solar se destaca por ser um dos poucos solares remanescentes no Vale do Paraíba e por ter abrigado diferentes famílias e personalidades taubateanas ao longo de sua história.

Na exposição montada por ela e supervisionada pelo Prof. Dr. Mauro Castilho Gonçalves, é possível encontrar diversos documentos antigos, jornais da época, fotografias e até mesmo atestados de óbito.

A aluna conta que a coleta de dados foi feita no acervo do Centro de Pesquisa e Documentação Histórica (CDPH) com sede no próprio Solar. Além disso, ela também recorreu a sites confiáveis na internet, como o Almanaque Urupês.

Isabela diz que as aulas de História Regional a ensinaram o quanto projetos como esse são importantes para a nossa identidade. “Eu acho que a exposição traz a memória, a lembrança, porque muitas pessoas passam por esse local e não sabem que é um local histórico, que é um local para as pessoas visitarem, conhecerem”, ressalta ela.

O Solar da Viscondessa fica localizado na Rua XV de Novembro, 996 – Praça Dr. Monteiro. E a exposição pode ser visitada até o final do mês de março, das 8h às 12h e das 13h às 18h.

 

Gabriela Migoto

ACOM/UNITAU

Foto: Leonardo Oliveira/ACOM