Alunos promovem Dia da Saúde em bairro de Taubaté

Acontece, Aluno, Comunidade, Conhecimento, Destaque, Medicina

Na última semana, nos dias 16 e 17, os estudantes do curso de Medicina da Universidade de Taubaté (UNITAU) promoveram o Dia da Saúde. A ação aconteceu no Centro Comunitário do bairro Cecap III e contou com atividades variadas realizadas pelas Ligas de Saúde da Família, Endocrinologia e Cardiologia.

Durante o evento, os alunos aferiram a pressão e a glicemia capilar dos presentes, ofereceram orientação alimentar sobre plantas alimentícias não convencionais, deram informações sobre a febre amarela e coordenaram rodas de conversa sobre violência doméstica.

“É uma oportunidade para os moradores do bairro. É bem legal ter essa experiência e conhecer um pouco mais sobre algumas plantinhas naturais, eu gostei muito”, destaca Mariane Cunha, que compareceu à ação. “Teve bastante exame para conferir o peso, a altura e a pressão”, completa a moradora.

A presidente da Liga de Cardiologia, Marcela Kyu, do 7° período de Medicina, descreve a experiência como enriquecedora. “É muito bom vir aqui e poder ajudar a população do Cecap, porque, às vezes, eles não têm tanto acesso à UBS, ao postinho, então é uma oportunidade muito legal de aprender e de ter contato com eles” ressalta a estudante.

ação-cecap-2
Alunos atendem população no Cecap

Para que as atividades pudessem ser realizadas com êxito, houve uma preparação. “Foram disponibilizadas para os alunos aulas de capacitação sobre como analisar os exames e orientar a população, oficinas sobre as plantas alimentícias e orientações sobre como discutir violência doméstica”, conta a Profa. Ma. Letícia Alessandra Santiago, que coordenou a ação.

Letícia explica que essa é a terceira vez que os estudantes estão presentes no Centro Comunitário levando aos moradores saúde e conscientização. “Na primeira vez, houve aferição de pressão arterial e de glicemia capilar; na segunda vez, buscou-se orientar crianças sobre higiene e parasitoses”, relembra a professora.

Nessas ações, os alunos procuram criar vínculo com a comunidade, e o tema é escolhido de acordo com a demanda local.

Marina Lima
ACOM/UNITAU

*Foto: Leonardo Oliveira/ACOM