Universidade participa de arrecadação de livros para unidades prisionais

Acontece, Conhecimento, Extensão, Letras, Livro, Projetos

O Grupo de Estudos de Língua Portuguesa (GELP) da Universidade de Taubaté (UNITAU) está arrecadando livros para serem doados para as unidades prisionais do Vale do Paraíba. A ação é uma iniciativa da Cruz Vermelha Brasileira, em parceria com a Fundação Prof. Dr. Manoel Pedro Pimentel (FUNAP).

As obras doadas serão utilizadas para o projeto Redenção pela Leitura, em que, para cada livro lido, o detento ganha quatro dias a menos no presídio. Os presos têm direito a uma obra por mês e, ao fim do ano, podem ter até 48 dias a menos de cárcere.

Para o Vice-Presidente da Cruz Vermelha, Marcos Limão, a leitura de livros entre os detentos é importante para promover a humanização das pessoas e deixá-las mais equilibradas. “Essa ação tem como objetivo humanizar os encarcerados, pois enquanto estão detidos, se tornam alienados, então a leitura dos livros os deixa mais equilibrados para quando forem soltos”.

O coordenador do GELP, Prof. Me. Luzimar Goulart Gouvêa, explica quais critérios foram utilizados para escolher as obras que deverão ser doadas. “O conflito entre as personagens e a sociedade é um ponto em comum entre todos os livros, pois reflete a vida dos detentos, e então eles conseguirão se ver nas obras”.

Os livros escolhidos para serem arrecadados são:

  • São Bernardo (Graciliano Ramos)
  • Crime e Castigo (Fiódor Dostoievski)
  • Olhos D’Água (Conceição Evaristo)
  • Capitães da Areia (Jorge Amado)
  • Dom Casmurro (Machado de Assis)
  • Otelo (William Sheakespeare)
  • O Alienista (Machado de Assis)
  • A Hora da Estrela (Clarice Lispector)
  • Quarto de Despejo (Carolina Maria de Jesus)
  • Amor de Perdição (Camilo Castelo Branco)
  • Hibisco Roxo (Chimamanda Adichie)
  • Clara dos Anjos (Lima Barreto)
  • Eu Receberia as Piores Notícias de seus Lindos Lábios (Marçal Aquino)
  • Até o Dia em que o Cão Morreu (Daniel Galera)
  • Eles eram Muitos Cavalos (Luiz Ruffato)

O GELP fica na Rua Visconde do Rio Branco, 22, Centro. Os livros podem ser doados de segunda à sexta-feira, das 14h às 18h.

Felipe Rodrigues

ACOM/UNITAU