Universidade firma parceria com o Comando de Aviação do Exército

Acontece, Aluno, Conhecimento, Engenharia da Computação, Informática, Iniciação científica, Oportunidade, Projetos, Tecnologia

O Departamento de Informática da Universidade de Taubaté (UNITAU) firmou uma parceria com o Comando de Aviação do Exército (CAvEx). O objetivo da colaboração é que os alunos criem projetos para um simulador de pilotagem de helicóptero.

A parceria teve início a partir de reuniões com o então Vice-reitor, Prof. Dr. Isnard Albuquerque Câmera Neto, com o Pró-reitor de Pesquisa e Pós-graduação, Prof. Dr. Francisco José Grandinette, com o diretor do Departamento de Informática, Prof. Dr. Luís Fernando Almeida, e com o Coronel Carvalho Silva. Depois dos encontros, ocorreu uma visita no Comando de Aviação.

Entre as demandas do Exército, estão a criação de cenários para simuladores de voo, a transformação dos painéis dos helicópteros em digitais e um projeto de realidade aumentada. No momento, a equipe da UNITAU é interdisciplinar e formada por seis alunos, três do curso de Engenharia de Computação e três oficiais que cursam Mestrado na Engenharia Mecânica na Universidade. A previsão é que mais alunos integrem o grupo.

Os alunos envolvidos na criação de cenários são Felipe Vitor e Gabriel Silvério, ambos do 5º semestre de Engenharia da Computação. “Existem dois simuladores, um foi comprado pelo CAvEx e o outro modelo foi desenvolvido pelo próprio CAvEx em seus laboratórios. Este segundo simulador está em constante aprimoramento”, informa o aluno Felipe Vitor. “Para realizar esses cenários, deve-se baixar dados de satélite. Um exemplo é o Google Maps e, na sequência, deve-se colocar isso numa plataforma gráfica. Esses cenários são tridimensionais e simulam voos de helicópteros para missões militares”, explica o estudante Gabriel Silvério.

Marcos Silveira, do 9º semestre de Engenharia da Computação, é responsável pela criação do painel digital. “Os painéis são compostos por componentes eletrônicos, como botões, potenciômetros, tela LED, e foi-me proposto também o desenvolvimento de uma funcionalidade nova, que consiste em adicionar o módulo Bluetooth na cabine. Assim, o militar pode utilizar o seu celular para se comunicar com a torre de comando, obtendo as informações de localização das aeronaves em tempo de simulação”.

Roberto Mascarenhas é militar e aluno de Mestrado em Engenharia Mecânica e aplica o seu conhecimento no simulador de voo de helicóptero. “Meu mestrado é sobre o desenvolvimento de um protótipo de baixo custo de um treinador sintético de voo da aeronave bimotor Short C-23B Sherpa, e será importante para o estudo da viabilidade para a implantação e operação dos simuladores”, expõe o oficial.

O Prof. Dr. Luís Fernando Almeida enfatiza que há duas grandes relevâncias na participação dos alunos. “Em primeiro lugar, estamos em um ambiente que dificilmente vai ser encontrado no Brasil, os alunos estão interagindo com uma tecnologia e com um conhecimento extracurricular e, em segundo lugar, é uma contribuição com as Forças Armadas, então é importante a Universidade estar interessada em dar apoio a algo relacionado ao Brasil”.

Para os estudantes envolvidos no projeto, essa parceria é uma novidade bem produtiva e interessante, que irá abrir portas para o conhecimento técnico e para futuros projetos entre UNITAU e CAvEx.

Julia Carvalho

ACOM / UNITAU