Alunos de Enfermagem participam de simpósio sobre educação em dor

Conhecimento, departamento, Destaque, Enfermagem

Os estudantes do curso de Enfermagem da Universidade de Taubaté (UNITAU) tiveram a oportunidade de participar do I Simpósio de Práticas Integrativas e Complementares e Dor (Spiced), realizado em São Paulo.

O encontro teve como objetivo atualizar o conhecimento sobre as práticas de atendimentos não medicamentosos no combate à dor, com base em evidências científicas no Brasil e no mundo. Entre outros assuntos, o Simpósio abordou tratamentos com ozônio e o toque terapêutico com foco no combate à dor.

“O Simpósio foi de suma importância para mim, porque ele ampliou todos os meus conhecimentos técnico-científicos sobre práticas integrativas complementares, e isso dentro da minha profissão é muito importante”, enfatiza a aluna Letícia de Jesus Campos, do 7º semestre de Enfermagem.

A participação dos alunos da UNITAU veio por intermédio da Profa. Dra. Vânia Maria de Araújo Giaretta, que é coordenadora científica de Práticas Integrativas e Complementares e que trouxe a oportunidade de conhecimento para os alunos.

Para a Profa. Vânia, o interesse dos acadêmicos no conhecimento fora da Universidade é um grande diferencial.  “Isso demonstra que os alunos estão à frente. Mesmo estando na graduação, eles já estão vendo possibilidades de atuação no mercado de trabalho, totalmente focadosnas comprovações científicas”, salienta.

O evento foi organizado pela Sociedade Brasileira para Estudo da Dor (SBED) junto ao comitê de Práticas Integrativas e Complementares (PICs).

 

Maurílio Donizete

ACOM/UNITAU

*Foto: Arquivo Pessoal