Ex- aluna do curso de Letras faz doutorado em Portugal

Destaque, Ex-aluno, Letras

Elaine Santos, ex-aluna de Letras, desde criança apresentava gosto pela leitura, e a paixão pela Literatura surgiu no 1º ano do Ensino Médio durante as primeiras aulas da disciplina. Hoje, Elaine cursa doutorado em Literatura de Língua Portuguesa em Coimbra, Portugal.

Durante a sua graduação, a ex-aluna já lecionava em escolas estaduais de Pindamonhangaba (cidade onde morava) e no Cotet (Colégio Técnico de Taubaté). Depois de formada, passou no Concurso Público de Pinda e conciliava as aulas com outras aulas em escolas particulares de sua cidade. Em 2006, fez pós-graduação em Literatura na UNITAU; em 2008, fez mestrado na PUC-SP em Literatura e Crítica Literária; no ano de 2011, Elaine foi convidada a participar do quadro de professores Coordenadores do Núcleo Pedagógico da Diretoria de Ensino de Pindamonhangaba, na área de Língua Portuguesa, e até agosto de 2017 lecionava na escola integral E.E. Profa. Ismênia Monteiro de Oliveira.

Elaine relata o cotidiano na Universidade de Coimbra. “O ensino é muito puxado, há muitos textos para ler semanalmente, apresentações orais durante as aulas, além de participação ativa dos alunos acerca dos assuntos estudados e de entrega de artigos ao fim de cada semestre”.  A ex-aluna conta ainda que há muitas oportunidades, como palestras e cursos livres. “Nesse semestre, tive a oportunidade de fazer um curso chamado ‘Como Escrever Canções’, em que a professora foi a cantora e compositora Adriana Calcanhotto. Foram três meses de curso, em que aprendemos sobre a história da canção e também a compor canções, criando letra e melodia. Foi uma experiência sensacional”, afirma a doutoranda.

A ex-aluna relembra ainda momentos de sua formação na UNITAU. “As aulas eram prazerosas e agradáveis, ainda me lembro de detalhes de algumas, mesmo tanto tempo após o término do curso. A UNITAU foi a base da minha formação, foi por intermédio do meu diploma em Letras que fui conquistando meu espaço enquanto profissional”.

Três professores marcaram a trajetória de Elaine ao longo de sua caminhada. “A primeira foi a minha professora de português, Fátima Marotti, do Ensino Médio, que foi quem me apresentou à literatura. A segunda foi a professora da graduação da UNITAU e também minha orientadora de TCC, Sônia Sachs, ela era tudo o que um dia eu gostaria de ser como profissional, competente, conhecedora e dedicada. Por fim, teve meu professor da especialização, Luzimar Goulart Gouvêa, também da UNITAU. Ele me incentivou muito a continuar nessa área”, expõe a ex-aluna.

Elaine oferece algumas dicas para os futuros profissionais de Letras. “Primeiramente, espero que tenham feito a escolha por amor à língua portuguesa, à literatura, pois acredito que só ensinamos bem aquilo de que realmente gostamos. Depois aconselho que estudem muito, nunca parem de querer buscar o conhecimento, novos livros, novas teorias, pois um bom educador precisa estar sempre atento às mudanças. Sobre a questão da remuneração, muitos desanimam da carreira docente por causa de baixos salários, mas eu acredito que quando um profissional é bom no que faz, sempre abrirão ótimas portas e oportunidades de emprego. A última dica que dou aos que estão iniciando é que sejam curiosos e atentos para as diferentes formas de comunicação e, principalmente, encantem-se com a palavra literária porque ela pode nos ajudar a construir um mundo melhor, se soubermos tocar o coração de nossos alunos para a leitura”.

Julia Carvalho

ACOM / UNITAU

Foto: Arquivo pessoal