Evasão e metodologias ativas são temas de palestras do Profoco

Acontece, Destaque, Professor, Profoco

Nos dias 25 e 26, a Pró-reitoria de Graduação da Universidade de Taubaté (UNITAU) realizou mais uma edição do Programa de Formação Continuada (Profoco). Com atividades voltadas para os professores, esta edição trouxe duas palestras presencias.

A evasão no Ensino Superior foi tema da primeira palestra, ministrada pelo Prof. Me. José Maria da Silva Junior, docente da casa.

Em sua apresentação, ele trouxe dados da UNITAU e os apresentou aos professores.  “O aluno começa a demonstrar o interesse em evadir já durante as aulas, por isso é importante que os professores comecem a observar seus alunos, e de alguma forma perceberem até que ponto alguns deles tem interesse em trancar, ou transferir a faculdade”, conta o professor José Maria.

“Possibilidades de evasão sempre vão existir. E como é que nós podemos reduzir isso? Desenvolvendo projetos diferenciados originais que possam permitir ao aluno ter maior interesse pelo curso”, complementa.

No dia 26, uma mesa redonda discutiu o papel do professor, inovação pedagógica sob o viés das metodologias ativas. A discussão contou com a mediação da Profa. Dra. Ana Maria Gimenes Calil, da Pedagogia, além da convidada Profa. Dra. Fulvy Antonella Venturi Pereira, da PUC do Paraná, e da Profa. Mariana Aranha de Souza, da UNITAU.

“Assisti as duas palestras e estamos com boas ideias para colocá-las em prática. Parabenizo a Profa. Angela e toda a administração superior pela programação”, comentou a Profa. Eliane Romagnolli, diretora do Departamento de Engenharia Mecânica.

“Nós professores subimos degraus todos os dias, e o Profoco, é mais um degrau que subimos na nossa carreira”, finaliza a Profa. Dra. Fabrina Moreira Silva.

Os professores podem participar também das atividades a distância. As inscrições podem ser feitas aqui.

Mirella Alves
ACOM/UNITAU

Fotos: Kiko Mota/ACOM