A importância da pesquisa para a sociedade

Conhecimento, Gestão, Pesquisa, Pós-graduação, Professor

Ao ouvir a palavra pesquisa você logo pensa em um ser descabelado e agitado? Em um gênio? Ou no padrão cientista maluco? A verdade é que a ciência tem uma influência tão grande e está tão atrelada à vida cotidiana que nem mesmo nos damos conta disso. E ainda ficamos nos dias de hoje buscando uma imagem que personifique o inédito nos esquecendo que o resultado de uma pesquisa, por mais simples que possa parecer, é fruto de um processo longo, caro, coordenado e multidisciplinar.

            Não é à toa que a maioria das instituições acaba desistindo! Pense quanto conhecimento foi necessário para hoje estarmos presenciando um aumento da longevidade. O século passado foi sem dúvidas um período de inúmeras descobertas. Vacinas e antibióticos afetam diretamente a sobrevivência da população. Mas, e o laser, o motor a vapor, o rádio, a televisão, internet e inteligência artificial? Quanta gente pesquisando ao redor de um mundo que acabou por parecer até menor!

            Combinando criatividade, resiliência, paixão e teimosia os pesquisadores vão progressivamente resolvendo problemas, que em comum, objetivam melhorar a qualidade de vida das pessoas. Por isso, todo avanço observado na ciência deve chegar aos mais diversos profissionais pois somente assim a pesquisa fará sentido. A pesquisa consolida o ensino já que através dele ocorre transferência de saber. A pesquisa deve, portanto, ser vista como um bem incalculável, como alavanca do conhecimento diferencial e como a maneira mais confiável de crescimento social.

Profa. Dra. Sheila Cavalca Cortelli é Pró-reitora de Pesquisa e Pós-Graduação da Universidade de Taubaté (UNITAU).

Foto: Acervo UNITAU