Projeto da Universidade entrega mais uma fase do restauro da Basílica do Bom Jesus de Tremembé

Acontece, Aluno, Arquitetura, Comunidade, Destaque, Institucional

O Núcleo de Preservação do Patrimônio Cultural (NPPC) da Universidade de Taubaté (UNITAU), por meio do projeto de extensão Restau, entrega, nesta sexta-feira, 14, a quarta fase de restauração da Basílica do Bom Jesus de Tremembé, que foi realizada nas pinturas artísticas e históricas do altar-mor. A solenidade acontece a partir das 19h.

O projeto conta com a participação de docentes e alunos do curso de Arquitetura e Urbanismo da Universidade.

Para esta etapa, inicialmente, foi feito um levantamento fotográfico como forma de registro da memória histórica e do estado físico das paredes. “Num segundo momento, fizemos o reconhecimento das pinturas por meio da técnica de prospecção pictórica, feita com bisturis e equipamentos de segurança”, explica a Profa. Dra. Maria Dolores Alves Cocco, coordenadora do projeto.

Nos desenhos encontrados foram encontrados temas florais. A identificação das cores foi feita a partir de uma série de testes com amostras de diferentes tonalidades, pelo método de comparação entre a pintura histórica e as tintas disponíveis. Os tons encontrados foram o fundo rosa e tons de cinza esverdeado.

A Basílica foi construída em 1672 e é um dos templos religiosos mais antigos da região metropolitana do Vale do Paraíba, considerada patrimônio histórico desde 2011. Ao todo, já foram investidos R$2 milhões em ações de restauro do templo.

ACOM/UNITAU