Aluno de Engenharia de Computação trabalha no Facebook

Acadêmico, Conhecimento, Destaque, Engenharia da Computação, Informática, Internacional, Segunda graduação

Trabalhar em uma empresa grande e famosa é uma enorme satisfação profissional. Já na reta final da graduação em Engenharia de Computação na Universidade de Taubaté (UNITAU), o estudante Jeferson Lesbão foi contratado pelo Facebook para ser engenheiro de software em Londres.

A viagem para a Inglaterra acontece no ano que vem, mas o contato com a empresa surgiu por meio de um estágio, que durou três meses. Além de no Facebook, Jeferson também realizou estágio em outra empresa famosa, o Google, em que passou quatro meses em Belo Horizonte.

“Comecei trabalhando na área, fazendo um estágio em uma empresa em minha cidade, Pindamonhangaba. Depois de quase dois anos lá, fui ser estagiário em um dos convênios que a Universidade mantinha dentro do Departamento, em que fiquei por três anos. No ano passado, fiz entrevistas para estágio em Engenharia de software no Google e Facebook e acabei passando”, relata o ex-aluno, que  atualmente está realizando mestrado em Engenharia de Computação no Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA).

O interesse pela área surgiu ainda na infância. “Desde a infância eu me interessei por computadores. No Ensino Médio, comecei a me questionar como os programas de computador eram feitos”, explica Jeferson sobre a escolha do curso.

Além de cursar Engenharia de Computação, o aluno é formado em Análise e Desenvolvimento de Sistemas pela UNITAU, e conhecer a Maratona de Programação durante a faculdade foi um acontecimento muito importante em sua vida acadêmica. “Foi por meio das competições que meu interesse em aprofundar meus conhecimentos em algoritmos e estruturas de dados aflorou. Minha experiência durante os estágios no convênio da Universidade também ajudou a aplicar os conhecimentos obtidos em sala de aula, como o teste de segurança da urna eletrônica (TPS)”.

Jeferson oferece dicas para quem deseja cursar Engenharia de Computação. “Dedique-se ao máximo, caso a Computação seja de fato sua paixão. Outro fator importante é buscar um tópico dentro da área e buscar se especializar. Embora seja importante estudar a fundo todos os tópicos abordados nas disciplinas, é importante focar em algum ponto que possa ser seu diferencial no mercado de trabalho”, aconselha.

Julia Carvalho

ACOM / UNITAU

 

Foto: Arquivo pessoal