Nota oficial – Paralisação dos alunos do curso de Medicina

Gestão, Institucional, Medicina

Sobre a paralisação dos alunos do Curso de Medicina, a Universidade de Taubaté (UNITAU) esclarece que:

1 – A Universidade está aberta ao diálogo e nunca se furtou a receber os alunos e professores. Desde que a nova gestão está à frente da UNITAU foram 12 encontros com professores e/ou alunos do Curso de Medicina, entre julho 2018 e março de 2019.

2 – Atendendo às solicitações apresentadas nessas reuniões, a Universidade investiu aproximadamente R$ 1 milhão em melhorias no Curso de Medicina e no Campus do Bom Conselho.

3- A Universidade informa que realiza estudos para a implantação de Campus fora de sede e que está em andamento uma pesquisa de mercado para avaliar quais cursos serão oferecidos e em quais cidades. A Universidade salienta que as cidades escolhidas deverão dispor da infraestrutura necessária para atender às demandas dos cursos.

4 – As aulas do Curso de Medicina ocorrerão normalmente nos próximos dias. Os alunos que não comparecerem às aulas receberão falta e os que faltarem ao internato responderão ao que está previsto no regulamento.

5 – Por fim, a gestão da UNITAU tem buscado incansavelmente a sustentabilidade financeira da Instituição, por meio da expansão de polos de Ensino a Distância na região, pelo aumento da oferta de cursos de extensão e de pós-graduação. O objetivo disso tudo é muito claro: reverter em melhores salários a seus funcionários e professores e investir continuamente em infraestrutura.

ACOM/UNITAU