Alunos da UNITAU participam de Mostra de Dança

Acontece, Cultura, Destaque, Educação Física, Eventos, Mostra de Dança, PAFS, Somos UNITAU

Nos dias 9 e 10 de maio, no Campus Bom Conselho da Universidade de Taubaté (UNITAU), aconteceu a nona edição da Mostra de Dança e Atividades Rítmicas.

A Mostra de Dança é organizada pelas Prof. Ma. Fernanda Rabelo Prazeres e Profa. Esp. Lídia Amália Cardamoni dos Santos, do curso de Educação Física, com ajuda dos alunos bolsistas do Programa de Atividade Física e Saúde (PAFS). O evento contou com apresentações de várias escolas de dança de Taubaté, Tremembé e Pindamonhangaba. Cada escola apresentou danças de vários gêneros, como ballet clássico, ginástica rítmica e hip hop.

A professora Fernanda disse que, inicialmente, o evento tinha como objetivo trazer alguns grupos para fazer uma apresentação e difundir a dança no meio acadêmico, mas foi crescendo com os anos. “Hoje, vários grupos têm a Mostra de Dança como evento fixo no calendário anual de apresentações e isso é muito legal”, diz a professora.

Além dessas escolas, o grupo Ginástica UNITAU, liderado pela professora Lídia, também se apresentou no encerramento dos dois dias de atividades com uma coreografia animada e cheia de acrobacias ao som do clássico dos anos 80, “Footloose”. “É importante a apresentação do grupo aqui, hoje, para divulgar o nosso trabalho, torná-lo público, para que as pessoas da cidade e da própria Universidade possam conhecer o nosso trabalho”, diz ela. A professora participa da Mostra desde a primeira edição, quando ainda era aluna da Universidade. “Eu sempre trazia os meus alunos de fora da faculdade para apresentar e, quando entrei como professora, eu vim ajudar a professora Fernanda”, comenta.

A professora Fernanda afirma que o evento é muito importante, porque, por não ter caráter competitivo, promove a interação entre dançarinos de diferentes estilos de dança. “Para alguns grupos menores, é uma oportunidade de mostrar o trabalho fora da comunidade deles e também de ver e aprender outras coisas”, finaliza.

Bárbara Tolomio

ACOM/UNITAU