Trabalho de Graduação de aluno de História aborda feminismo

Acadêmico, Aluno, Cultura, Destaque, História, Trabalho de Graduação

O aluno Thomas Barrili Ramos, do último semestre do curso de História da Universidade de Taubaté (UNITAU), abordou em seu Trabalho de Graduação (TG) o feminismo, com o título Entre o íntimo e o obsceno: os corpos femininos em evidência no início do século XX.

Importância do tema

Escolher sobre o que abordar foi fácil para Thomas, pois desde o início da graduação se interessava pelas perspectivas da mentalidade social. “Desde que fui apresentado à possibilidade de estudar a História,meu interesse só aumentava cada vez que pensava em possíveis oportunidades de pesquisas”, conta.

O TG teve o objetivo de mostrar o ponto de vista masculino a respeito da representação da mulher na sociedade brasileira. Um dos principais objetos de estudos foi o Jornal cariocaRio Nu, no qual circulavam fotos de mulheres francesas.

“Foi possível iniciar a investigação do jornal,analisando suas características principais. A partir de então, foi-se delimitando o recorte a ser explorado com a pesquisa refletindo a respeito das problemáticas”, explica.

Quem orientou o aluno nesta trajetória foi a Profa. Dra. Suzana Lopes Salgado Ribeiro.“Discutimos, a partir desse fato, as fronteiras entre público e privado, íntimo e obsceno, e a apropriação dos corpos femininos pela indústria cultural de massa”, ressalta a docente.

Discutir sobre a representação feminina na sociedade não era fácil no século XX. Atualmente, esse debate tem se tornado cada vez mais presente. O alunopontua que a população ainda pode mudar sua perspectiva sobre o assunto.

“Existe uma consciência a respeito das diferenças enraizadas em nossa cultura quanto à desigualdade histórica entre homens e mulheres, sendo a corrente de discussões a esse respeito um fenômeno de fundamental relevância, que merece a atenção de todos”, encerra.

Nathália Sobral

ACOM/UNITAU