Projeto de Educação Patrimonial da UNITAU leva crianças ao museu

Acontece, Comunidade, Extensão

Alunos e professores da Universidade de Taubaté (UNITAU) que integram o projeto de Educação Patrimonial realizaram uma visita ao Museu Histórico, Folclórico e Pedagógico Monteiro Lobato, no dia 18 de outubro. A atividade aconteceu nos períodos matutino e vespertino com turmas de terceiros e quartos anos do Ensino Integral da Escola Municipal Dr. Quirino.

 Visita aproxima crianças de Monteiro Lobato e sua obra

Antes da visita, a equipe do Projeto organizou atividades de leitura de obra sobre a infância de Monteiro Lobato, apresentação da biografia do autor e de informações sobre o Museu com a exibição de vídeos.

No Museu, o grupo participou de uma visita monitorada com mediadores e com atores representando as personagens de Monteiro Lobato. Além disso, as crianças assistiram à uma peça de teatro inspirada na obra infantil do autor. A visita foi acompanhada pela coordenadora e pelos bolsistas do projeto e por um dos oficineiros da escola nos dois períodos. A atividade foi finalizada uma semana depois com a realização de uma oficina de avaliação da visita com as crianças realizada na escola.

A escolha do Museu Monteiro Lobato para a realização da visita foi motivada por vários aspectos: além da temática de Monteiro Lobato ser adequada à todas as escolas da rede municipal da cidade, a Escola Dr. Quirino é localizada proximamente do Museu e, portanto, as crianças têm uma relação de identidade com esse patrimônio. Por fim, o patrono da escola, o Dr. Quirino, foi contemporâneo de Lobato e teria o inspirado a criar a personagem do Visconde de Sabugosa.

Sobre o projeto

A atividade é parte do planejamento de desenvolvimento do Projeto de Extensão Universitária Educação Patrimonial: conhecendo o patrimônio de Taubaté, coordenado pela Profa. Dra. Rachel Duarte Abdala e realizado no âmbito do convênio entre a Universidade de Taubaté e a Prefeitura de Taubaté por meio da Secretaria de Educação voltado para o Ensino Integral e gerenciada na UNITAU pelo Núcleo de Gestão e Execução de Convênios-NUGEC.

O Projeto de Educação Patrimonial já vem sendo realizado há dois anos e no primeiro semestre foi desenvolvido na Escola Municipal Monsenhor Evaristo Campista César.

ACOM/UNITAU